FANDOM


Asuka Langley Soryu
OP C057 asuka.jpg
惣流・アスカ・ラングレー
Rank / Título: NGE: Segunda Criança
RoE: Segunda Garota
afiliação(ões): NGE: Nerv
(posteriormente em) R3.0: Wille
Nacionalidade: Japonesa, americana e alemã
Relacionamentos: Kyoko Zeppelin Soryu (mãe)
Sr. Langely (pai)
Madrasta de Asuka
Idade: NGE: 14 anos
R3.0: 24 anos
Data de Nascimento: 4 de dezembro de 2001
Tipo Sanguíneo: O
Seiyū: Yuko Miyamura
Dublador(es): Tiffany Grant (em inglês)
Ilaria Latini (em italiano)
Domitilla D'Amico (Asuka jovem/italia)
Fernanda Bulara (em português/br)
Marjolaine Poulain (em francês)
Georgina Sanchez (em espanhol/Espanha)
Norma Echavarría (em espanhol/América Latina)
Julia Ziffer (em alemão)


Asuka Langley Soryu (惣流・アスカ・ラングレー, Soryu Asuka Rangure) é designada como a Segunda Criança do Projeto E é a piloto da Unidade Evangelion 02. Seu sobrenome é romanizado como Soryu no mangá e Sohryu na versão em Inglês do mangá e da série de TV, na versão em Inglês do filme e no site da Gainax.

Asuka é descendente mestiça de alemães e japoneses, mas sua nacionalidade é alemã. Asuka é impetuosa, egoísta, e muitas vezes verbalmente abusiva com os outros (especialmente com Shinji), e tem uma opinião muito elevada de sua aparência e sua habilidade considerável como piloto de EVA. Ela também tem um forte desejo de independência. Suas atitudes, porém, é uma forma de mascarar suas profundas insegurança decorrentes de sua infância traumática. Asuka é assumidamente apaixonado por Ryoji Kaji, mas também se sente atraída por Shinji, no entanto, ela não consegue expressar adequadamente seus sentimentos por ele.

História da personagem

Nascida e criada na Alemanha, Asuka é mostrada como sendo de descendência alemã e japonesa, a partir de seu nome em japonês e sua aparência Europeia (sua nacionalidade é referida como sendo tecnicamente americana). Sua mãe, Kyoko Zeppelin Soryu]], era uma cientista da filial alemã da Gehirn que participava do Projeto E e, quando Asuka tinha quatro anos, Kyoko participou de uma experiência de contato com a Unidade 02 (semelhante ao experimento realizado por Yui Ikari com a Unidade 01). Embora ela tenha sobrevivido fisicamente ao teste, Kyoko voltou mentalmente instável, acreditando que uma boneca que ela cuidava como se fosse uma criança, fosse sua verdadeira filha, enquanto se referia a Asuka, sua filha real, apenas como "aquela menina lá". Em uma determinada ocasião Kyoko tentou até mesmo estrangular Asuka, para que ela pudesse "morrer junto comigo!", dizia ela (Isto não é mostrado no anime, enquanto é explicitamente mostrado nos mangás de Sadamoto). Depois de ser institucionalizada, Kyoko comete suicídio enforcando-se; Asuka encontra seu corpo enquanto corria a ela para de dizer que tinha sido escolhida para ser um piloto de EVA. Seu pai americano rapidamente se casou com a enfermeira que cuidava de Kyoko, com quem tinha tido um caso anos trás. Embora na defensiva, Asuka rapidamente repele sua nova madrasta e as duas aprendem a tolerar uma a outra, mantendo a fachada de uma família alegre e normal. Asuka demonstra ser uma criança prodígio, ganhando um formando-se e ganhando um diploma universitário em um campo especifico quando ainda era adolescente e se torna fluente em japonês (embora ela tem dificuldade de leitura e escrita kanji).

Introduzida pela primeira vez no episódio 08, com a chegada do Eva Unidade 02 e durante o ataque do Anjo Gaghiel, Asuka é mostrada como mantendo uma taxa de sincronização de alto nível e excepcionais habilidades como piloto de Eva, sendo muito agressiva e confiante em batalhas. Após a primeira derrota durante a batalha contra Zeruel, a auto-confiança de Asuka (e, consequentemente, sua taxa de sincronia e eficiência como piloto) começam a diminuir. A estado de Asuka piora ainda mais no episódio 22, quando Arael aparece e Asuka, sobrecarregada com os resultados cada vez mais baixos em testes de sincronização, se enfurece ao ser requisitada para servir como backup de Rei. Ela desafia as ordens de Misato e tenta atacar o Anjo sozinha, mas antes que pudesse fazer qualquer coisa o Anjo foi mais rapido e Asuka é dominada por um ataque psicológico de Arael, forçando-a reviver suas dolorosas lembranças de infãcia, o que acaba resultando em um colapso mental. Asuka, desde então perde a vontade de viver e se torna incapaz de pilotar a Unidade 02, passando a maior parte dos episódios finais da série em uma cama de hospital em estado catatônico.

Em The End of Evangelion, com a invasão da JSSDF a NERV, Asuka é colocada dentro da Unidade 02 e submersa em um lago dentro do GeoFront, para sua proteção. Como ela é bombardeado por cargas de profundidade, Asuka decide que não quer morrer e, em um momento de lucidez, percebe que a alma de sua mãe está dentro do seu Eva e foi ela que sempre a protegeu e vai protegê-la o tempo todo. Com sua auto-identidade recuperada, ela surge das profundezas do lago e derrota a JSSDF antes de ser confrontada com os 9 Evas de produção em Massa (porem durante a rapida batalha contar a JSSDF ela acaba por ter seu Cabo umbilical cortado). Apesar de ter êxito contra todos os 9 adversários, a bateria interna da Unidade 02 acaba e a energia esgotar-se, e o poder infinito do Motor S² dos Evas Produzidos em Massa (que lhes permitem permanecer em funcionamento, apesar de terem sido severamente danificadas ou mutiladas) finalmente permitir-lhes eviscerar e desmembrar a Unidade 02 usando suas réplicas da Lança de Longinus. Depois de Shinji rejeita a Instrumentalidade, ela aparece ao lado dele na cena final do filme.

Personalidade

O cabelo vermelho ardente de Asuka e o uso de seus Clips Nervo A10 todos os dias são complementados por seu temperamento igualmente forte. Ela tem extremo orgulho em ser uma piloto de Evangelion, e sua opinião em relação a sua aparência é muito elevada e reconhecidamente atraente. Ela é mostrada como tendo uma forte necessidade de ser auto-suficiente e intrusivas do espaço de outras pessoas, especialmente de Shinji. No entanto, esta personalidade é mostrada muitas vezes atuando como fachada das próprias vulnerabilidades e inseguranças de Asuka, que muitas vezes são mostradas em cenas psicologicamente orientadas por uma versão infantil de Asuka.

Sua dubladora, Yuko Miyamura, escreveu sobre suas experiências dublando Asuka:

"Basta que você saibam que Asuka não era a personagem mais sincera que já conheci... Toda vez que eu tentava colocar-me em maior sintonia com ela, Asuka nunca permitia. Mesmo no final, ela nunca iria atravessar a "linha" e se aproximar de mim. A última cena de The End of Evangelion foi feita, e ela ainda nunca tinha dado um passo adiante da linha e seguir em frente. Um dia, eu descobri que havia um muro no coração de Asuka."

Sua dubladora na versão em Espanhol da série, Tiffany Grant, diz o seguinte:

"Ela diz as coisas mais horríveis as pessoas, coisas que você gostaria de dizer para as pessoas e não pode simplemenete falar - é refrescante." Grant, admite que pode haver alguma semelhança entre ela e Asuka, ela sente alguma simpatia, admiração e até uma certa dó pela personagem. E sobre Asuka no anime, quando ela descobriu o suicídio da mãe, ela pergunta: "Você acha mesmo que ela vai ser uma pessoa normal?"

No mangá

A primeira aparição de Asuka no mangá é no quarto volume da adaptação de Yoshiyuki Sadamoto. Ao contrário do episódio do anime onde Asuka derrota o Anjo Gaghiel com ajuda de Shinji e o aucilio de Misato, o mangá mostra apenas um breve vídeo de Asuka derrotando o Anjo sozinha na Unidade 02. Assim o primeiro encontro de Shinji e Asuka se da em uma locadora arcade, com Asuka furiosamente chutando uma das máquinas e depois exigindo uma taxa de ¥ 100 de Shinji, Toji e Kensuke por terem visto a calcinha dela (como oposição a tapa que Toji recebe no rosto no anime como a "taxa de visualização"). Asuka e Toji começam logo a discutir, o que acidentalmente se transforma em uma briga com um bandido e sua gangue quando Asuka acidentalmente esbarra no valentão que jogava fazendo-o perder o jogo. Asuka então defende os meninos vencendo a gangue. Shiji não sabia que Asuka era a Segunda Criança até que eles chegam juntos a sede da NERV. Antes da luta contra Israfel, Shinji e Asuka permanecem dentro de uma sala especial monitorados através de uma câmera escondida por Misato, ao invés de irem para o apartamento da capitã, como no anime.

O Passado de Asuka no mangá também é diferente da versão vista no anime. No mangá Asuka é descrita como uma criança nascida através de inseminação artificial. Sua mãe, depois que seu marido se divorciou dela devido a sua esterilidade, recorre a um banco de esperma chamado Eugenia. O resultado de Kyoko foi a enseminação do esperma de um desconhecido, mencionado no mangá apénas como um "renomado cientista" como pai de Asuka. Apesar de suas declarações dizendo: "Eu nasci através da combinação de um espermatozoide e um óvulo de elite... eu era um ser escolhido, uma pessoa especial", ela é mostrada como tendo sido nada mais do que peças de reposição artificiais por natureza. Ela nasceu apénas para pilotar o Evangelion e nada mais. Este complexo de inferioridade leva Asuka a se ultrapassar e compensar as "falhas". Asuka é adicionalmente monstrada como tendo reprimido as memórias da loucura e da morte da mãe, tornando o ataque do Anjo Arael na sua psique, especialmente traumático.

O mangá também recria a famosa cena de abertura do hospital com Asuka e Shinji em The End of Evangelion. Embora começando com o confronto inicial do Shinji e Asuka em coma, o cenário diverge com Shinji gritando com Asuka dizendo que a garota que ele quer proteger não é a garota fraca que está diante dele, depois disso Asuka repentinamente desperta e tentar estrangulá-lo (uma reminiscência da tentativa de estrangulamento de Asuka por sua mãe pouco antes de Kyoko se suicídar). Os funcionários do hospital da NERV logo se apressão em separar os dois e Shinji é levado para fora, enquanto Asuka grita de raiva dizendo que odeia todo mundo. Do lado de fora do quarto Shinji cai em prantos, logo após ver seu pai e Rei passarem quase que despercebidamente por ele.

Durante o ataque da JSSDF a sede da NERV, Asuka - ainda em estado catatônico - é colocada na Unidade EVA 02, que é então submersa num lago dentro do GeoFront, a fim de mantê-la tão segura quanto possível, dadas as circunstâncias. Quando a JSSDF encontram a unidade, Asuka é surpreendida por ataques de Cargas de Profundidade e começa a gritar de terror por sua mãe, do mesmo modo que ela faz em The End of Evangelion. Durante o desespero de Asuka uma visão de sua mãe aparece para ela dentro da unidade, e então Asuka finalmente percebe que a consciência da sua mãe tinha sido residente no EVA 02 e que sempre a protegeu o tempo todo. Posteriormente, ela recupera os sentidos e começa o seu contra-ataque aos navios da JSSDF, dizendo: "Desculpa o atraso."

Em Rebuild of Evangelion

Rebuildasuka.jpg

Asuka em Rebuild of Evangelion.

Asuka faz sua primeira aparição no segundo filme da tetralogia Rebuild of Evangelion, Evangelion 2.0: You Can (Not) Advance. Várias mudanças foram feitas na personagem incluindo a mudança de seu nome de família sendo mudado de Soryu para Shikinami, e que ela agora é referida como mantendo um posto de capitã. Ela também não é mais apaixonada por Kaji, chegando a ignorar um convite para ir em uma viagem com ele, até que Misato a forçou a ir. Além disso, é ela que testa a Unidade 03 em vez de Toji, mas ela consegue sobreviver ao incidente com o Anjo Bardiel, por isso ela é vista usando um tapa-olho no preview da sequência de 2.0 no final do segundo filme Rebuild.

Personagens
Shinji Ikari | Misato Katsuragi | Asuka Langley Soryu | Rei Ayanami | Gendo Ikari | Yui Ikari | Ritsuko Akagi | Ryoji Kaji
Kozo Fuyutsuki | Kaworu Nagisa | Keel Lorenz | Kensuke Aida | Toji Suzuhara | Hikari Horaki | Maya Ibuki | Makoto Hyuga | Shigeru Aoba
Naoko Akagi | Kyoko Zeppelin Soryu | Dr. Katsuragi | Pen Pen
Asuka Shikinami Langley | Mari Makinami Illustrious | Sakura Suzuhara
Personagens menores | Personagens menores (Rebuild) | Personagens extracanônicos
Origens dos nomes dos personagens

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória