FANDOM


M26 C031 a big.jpg

A Lança de Longinus[1][2] (ロンギヌスの槍, Longino no Yari) é um artefato extraterrestre orgânico com o poder de penetrar todo e qualquer Campo A.T. e imobilizar seres com poderes iguais aos de Deus.

Propriedades

Fisicamente, a Lança de Longinus se assemelha a um longo bidente vermelho que, em pé, tem pouco mais do tamanho de um Evangelion. A sua estrutura é inerentemente em hélice dupla (na sua configuração normal), com grande parte do seu comprimento sendo reto e composto de duas vertentes que estão fortemente entrelaçadas. Em uma das extremidade as duas vertentes se desenrolam e formam dois enormes dentes.

Enquanto a forma bidente é a forma padrão da Lança, ela também demonstra ter capacidades metamórficas. Quando lançada contra o Anjo Arael, no episódio 22, as pontas enrolam-se para formar um objeto perfurante transparente. Ao encontrar o Campo A.T. do Anjo, as "abas" da Lança se abrem, revelando estruturas brancas, semelhantes a brânquias, que parecem ajudar a Lança com uma auto-propulsão sob condições de extrema resistência. Finalmente, a forma bidente da Lança é perpetuamente alterada pelo Eva 01 no final do episódio 26', quando ele separa as duas hélices, e a Lança assume uma forma que lembra o símbolo do infinito (∞) horizontalmente alongado.

A Lança pode ser considerada como uma arma com um poder "semelhante ao de deus". Armas N² tem um potencial destrutivo forte o bastante para causar, de pequenas a moderadas, quantidades de danos em alguns dos mais frágeis Anjos, e Evas podem usar seus armamentos contra Anjos após anular o Campo A.T. deles usando o seu próprio Campo A.T. No entanto, a Lança de Longinus é capaz de perfurar e neutralizar o Campo A.T. de qualquer Anjo ou Evangelion, totalmente por si só (mesmo esse não estando ativo).

A Lança não é de origem terrena, tendo sido criada pela Primeira Raça Ancestral, uma antiguissima espécie extraterrestre humanoide. O que se vê na série também não é a unica Lança de Longinus criada poe eles: Cada Semente da Vida, incluindo Adão e Lilith, foram enviadas com uma Lança equivalente, ou seja, sete ao todo[3]. Sabe-se, pelo menos, uma função estabelecida das Lanças: elas servem como um "dispositivo de segurança", capaz de garantir que os planos da Primeiro Raça Ancestral se concretizem, devendo agir imediatamente caso esses planos sejam de alguma forma comprometidos.

As Lanças de Longinus tecnicamente são orgânicas e vivas e, sendo ditas como possuindo vontade própria. A Lança destaque vista na série pertencia a Adão, enquanto a que pertencia a Lilith, acredita-se, que tenha sido perdida ou destruída durante o Primeiro Impacto.

Pre-2015

No Primeiro Impacto

Full-op C234 adam-spear.jpg

A Lança de Longinus empalada nas costas de Adão, quando encontrado pela Expedição Katsuragi.

Adão, contido dentro da Lua Branca, foi a primeira Semente à cair na Terra, há, pelo menos, 4 bilhões de anos atrás. Porém, antes que as formas de vida baseadas em Adão pudessem se estabelecer no planeta, Lilith, que estava contida dentro da Lua Negra, também caiu na Terra, no entanto o choque foi muito mais violento do que o de Adão, causando o evento agora conhecido como Primeiro Impacto e, aparentemente, destruindo a Lança pertencente a Lilith no processo. Devido a uma lei não especificada no plano da Primeira Raça Ancestral, duas Sementes não podem ser destinadas a co-existir no mesmo planeta, e é fortemente implícito que a Lança de Adão — como a única remanescente na Terra — tomou a iniciativa de subjugar sua própria semente contraparte. Adão permaneceu em estado de animação suspensa por milhares de milhões de anos, enquanto as formas de vida baseadas em Lilith foram autorizadas a desenvolver-se e a prosperar.

No Segundo Impacto

No ano de 2000, os membros da expedição Katsuragi desenterram Adão e a Lança na Antártida. A Lança foi removida, transportada para a região do Mar Morto, e depois enviada de volta para o Pólo Sul em preparação para o Experimento de Contacto. Após a experiência levar à consequências imprevistas e desastrosas, a equipe tentou empunhar novamente a Lança contra Adão em uma tentativa de "vedar" o seu poder, mas eles falharam. No vídeo confidencial do incidente, os cientistas podem ser ouvidos gritando que a Lança precisa ser 'puxada de volta', e que está "afundando em"[4]. O Segundo Impacto não pôde ser evitado, e, finalmente, a Lança parece ter sido a responsável pela retroversão de Adão a um estado embrionário[5].

2015

Ep22 arael orbit.gif

A Lança voando em direção à Arael em órbita (clique para ver a animação).

A Lança aparece pela primeira vez na série no episódio 12 sob sigilo, como é transportada da Antártida para Nerv no convés de vôo de um porta-aviões[6]. Ela reaparece no final do episódio 14, quando Rei é ordenada por Gendo Ikari para descer ao Terminal Dogma para empalar Lilith, cujo resultado é visto no episódio 15. Ela permanece lá até a batalha contra Arael, sobre a qual Rei, mais uma vez desce ao local remove-la de Lilith, a fim de destruir Arael, que estava flutuando no espaço acima da atmosfera da Terra, muito acima do alcance de qualquer outra arma convencional.[7]

Rei usa a Unidade 00 para arremessar a Lança de Longinus na órbita da Terra, e matar o Anjo. Devido a força exercida no arremesso, a Lança excede a velocidade de escape, e sai da órbita da Terra, sendo capturada pela órbita lunar, e, eventualmente, caindo na lua. Depois de ser lançada em Arael pelo Eva 00, a Lança de Longinus emite um som muito semelhante ao rugido de um Evangelion.

No Terceiro Impacto

Ela finalmente retorna à Terra no episódio 26' depois de reagir ao despertar da Unidade 01. Ela passa a se tornar uma ferramenta importante para o Projeto de Instrumentalidade Humana e se funde com o Eva 01, criando, assim, a Árvore da Vida. No entanto, após Shinji rejeitar o processo, a lança é regurgitada, destrói as cópias utilizadas pela Série Eva e deixa a Terra acompanhada pela Unidade 01.

As Replicas

M25 C528 spear-morph.gif

A lança pesada revela sua verdadeira natureza (clique para ver a animação).

A Seele foi capaz de criar nove cópias da Lança de Longinus para o uso das Unidades de Produção em Massa. As cópias têm as mesmas propriedades da original, tais como seu tamanho e dimensões, juntamente com a sua capacidade para perfurar Campos A.T., embora sejam da cor cinza azulada, em vez de vermelha. Também ao contrário da original, elas não podem ser utilizadas para iniciar a Instrumentalidade com a própria Lilith si. Mesmo após a Lança original ter sido perdida, a Seele sentiu que ainda tinha uma chance, embora mais difícil, de iniciar o Terceiro Impacto, usando as réplicas da lanças e a Unidade 01 (ser criado a partir de Lilith), embora seja possível que até mesmo a própria Seele não estava inteiramente certa se isso seria o suficiente (isso permanece desconhecido visto que a Lança original, em seguida, retornou à Terra).

As capacidades metamórficas observadas nas réplicas são superiores as original: quando a série Eva é lançada no episódio 25', suas lanças estão inicialmente disfarçado de maciças lâminas de dois gumes que não têm qualquer semelhança com suas formas nativas. A verdadeira natureza das armas é revelada somente quando uma dessas armas da Série Eva entra em contato com o Campo A.T. da Unidade Eva 02, em segundos, responde e se transformando instantaneamente em sua forma da Lança. Quando as cópias da Lança de Longinus são destruídas, elas inicialmente começam a bolhar em uma massa de coloração semelhante à LCL e, posteriormente, começam a aparecer o que parecem ser pequenas partes inferiores de corpos são projetados para fora delas (como os de Lilith na cruz). De acordo com os storyboards, esta substância é realmente LCL.

Oficialmente, a variação das cópias da Lança, as "lâmina de dois gumes", possuem dois nomes diferentes. O roteiro refere-se a elas como 重い槍 (omoi yari) or "Heavy Spear" ("Lança Pesada"). No entanto, este termo é raramente usado em outras partes da história, e 大剣 (ooken) ou "Giant Sword" ("Espada Gigante") é visto em seu lugar.

Em outras continuidades

CR Neon Genesis Evangelion

Nos jogos pashinko Shito, Futatabi e Saigo no Shisha, a Lança de Longinus pode ser usada por Kaworu na Unidade Eva 04 para enviar Anjos sob certas condições.

Em Rebuild of Evangelion

Embora ainda não confirmada como sendo oficialmente chamada de "Lança de Longinus", ambas as Lanças que aparecem no remake Rebuild são, aparentemente, idênticas.

Eva2-22 C0402B comp.jpg

As quatro "Lanças de Longinus".

Em Rebuild 1.0, Lilith é empalada por um objeto idêntico à Lança de Longinus da série. Rebuild 2.0, quatro objetos semelhantes à Lança de Longinus[8] estão presentes durante o Segundo Impacto. A empalação de Lilith pode, provavelmente, ter sido feita com uma dessas.

A nova arma, conhecida apenas como uma "lança" (枪, yari)[9], possui um eixo de dupla hélice e um ponta de lança definida com uma "jóia" verde e é vista pela primeira vez na Base lunar Tabgha envolta em uma mortalha. Durante o Quase-Terceiro Impacto, ela é usada por kaworu (no Evangelion Mark.06) para parar o evento e a evolução da Unidade Eva 01 em um ser de energia. Qualquer ligação com as outras lanças é atualmente desconhecida, embora a sua capacidade de neutralizar entidades iguais a deus é semelhante à Lança de Longinus vista na série. A Lança é de cor vermelha em Evangelion 2.0/2.22 e nos materiais promocionais dos filme. No entanto, em uma ilustração promocional de Rebuild 3.0, junto com uma figura de ação da Unidade Eva 06 (Mark.06), é de cor preta ou cinza escuro. A razão para esta alteração é desconhecida.

Referências

M25 C655 big.jpg

Clique para ampliar e ver que a tradução oficial em inglês é "Spear of Longinus".

  1. A lança foi nomeada segundo a Lancea Longini (também conhecida como "Lança de Longinus", "Lança do Destino", "Lança Sagrada", etc) uma arma que, segundo a tradição cristã, foi usado pelo soldado romano Longinus para apunhalar as costelas de Jesus Cristo para confirmar a sua morte depois da crucificação. Com a ponta embebida com o sangue do Filho de Deus foi dito que, portanto, a lança adquiriu propriedades sobrenaturais, tornando-se um artefato muito procurado (de maneira semelhante ao Santo Graal). Ao longo dos séculos, tem havido muitos relatos e especulações sobre a Lança Sagrada ter sido redescoberta, enterrada em algum ponto da Terra, principalmente quando a Lança foi supostamente descoberta durante o Cerco da Antioquia, durante a Primeira Cruzada, tornando-se um ponto de convergência para os Cruzadores sitiaram e levando-os a milagrosamente romper o cerco contra todas as adversidades (A Lança Sagrada na Enciclopédia Britânica Online (em inglês)).
  2. Em japonês, a lança é chamada de "Longinus no Yari", com o "yari" sendo traduzido como "lance" ou "spear" ("adaga" ou "lança"). A tradução "Lance of Longinus" é utilizada pela ADV Films e pelas localizações da Manga Entertainment e, conseqüentemente, pelo uso proeminente da comunidade de fãs norte americanos. No entanto, um monitor de computador visto no episódio 25' (ver imagem) indica que o nome oficial em inglês da lança é, na verdade, "Spear (Lança) of Longinus".
  3. Neon Genesis Evangelions: Another Cases. Cenário de kaworu, "Final Bom".
  4. Renewal of Evangelion. Episódio 21'.
  5. Evangelion Chronicle.
  6. Não está claro o porque da Lança ter sido mantida na Antártida 15 anos após o Segundo Impacto ao invés de ter sido adquirida pela Nerv ou Seele alguns anos depois do evento.
  7. Neon Genesis Evangelion. Episódio 22.
  8. O roteiro se refere a elas unicamente como yari (spear/lance) (lança/adaga).
  9. Veja o roteiro de 2.22 e Evangelion 2.0 Complete Records Collection.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória